Importar roupas do Peru tem sido uma atividade recente de empreendedores online que abriram uma loja virtual de venda de vestuários, abrindo espaço para um novo modelo de compras pela internet e abandonando os métodos antigos como o Ebay e Ali Express.

Como Importar Roupas do Peru

Também é uma forma que muitas pessoas estão utilizando para Ganhar Dinheiro importando do Peru e vendendo para amigos, familiares e colegas do Trabalho, e dá para ganhar muito bem, está se tornando cada dia mais comuns pessoas que ganham valores de 4 dígitos ou mais todos os meses fazendo isto.

Existe ainda um terceiro grupo de pessoas que compram do Peru simplesmente para comprar roupas de qualidade e renovar o guarda roupa economizando muito dinheiro, seja qual for o seu interesse, importar roupas é muito vantajoso e um grande negócio.

Os peruanos disponibilizam uma variedade de peças que atendem a qualquer ocasião e eventos. São reconhecidas pela atualidade das roupas, sempre de acordo com as últimas tendências de moda. A compra é indicada para quem trabalha com compras de produtos no atacado e por meio de revendedores autorizados.

Quando comparado a outras formas de importação, produtos comprados diretamente dos nossos vizinhos peruanos podem ser uma ótima aquisição quando pensamos no quesito comunicação, uma vez que ela se torna mais fácil já que o português e o espanhol se assemelham.

Também vale a pena usufruir de tradutores online que podem facilitar ainda mais o comércio entre você e o fornecedor, que pode ser realizado por meio de programas de conversação ou e-mail.

Para comprar roupas de marca do Peru e comercializar em sua loja da internet ou para vender a amigos e conhecidos é simples. Não é necessário ter CNPJ (caso suas compras não ultrapassem o valor de US$3,000 mil ), a forma de pagamento da mercadoria se dá por meio do PayPal, boleto bancário, cartão de crédito internacional, dentre outros.

Outra dica importante é saber qual fornecedor é recomendado e confiável, mas para isso, continue lendo nosso guia, pois daremos dicas a respeito de fornecedores, melhores marcas para comprar e truques fundamentais para não ser lesado.

DICA: Confira Aqui uma Lista de Fornecedores do Peru!

Prática recente – desde 2013, para sermos mais exatos – a importação de roupas por parte do Peru é uma forma de entrar em concorrência com o mercado chinês, oferecendo roupas de qualidade, mas de maior categoria. O mercado peruano movimenta cerca de US$ 80 milhões por ano só com a confecção de malhas.

A qualidade das roupas peruanas

O mercado de vestuário do Peru é reconhecido por suas peças de algodão de alta qualidade. Conhecido como Pima, é reconhecido por conter uma fibra de qualidade que atribui ao tecido textura suave e mais brilho.

Outro detalhe que torna a peça de algodão peruano única, é o fato de que essa obra-prima é colhida a mão, sem qualquer uso de maquinário, o que dispensa o uso de produtos químicos para a limpeza do item.

Pima - Algodão Peruano de alta qualidade

As fibras desse tipo de algodão são mais longas, proporcionando toque sedoso e maior resistência. Além disso, as condições geográficas e climáticas contribuem para a excelente qualidade do Pima, que é capaz de criar tecidos nobres e de características insuperáveis e prologada durabilidade.

Os produtos certos para vender

Roupas de marca são opções certeiras para quem quer disponibilizar roupas em seu empreendimento virtual.

Nomes norte-americanos como GAP, Polo, Ralph Lauren, Calvin Klein, Hollister, Abercrombie & Fitch, as francesas Ed Hardyby Cristian Audiger, a argentina La Martina, a italiana Armani e, até mesmo, a alemã Hugo Boss possuem fábricas próprias no país, fazendo com que os fornecedores adquiram as roupas diretamente com eles.

Como Importar Roupas de Marca e Originais do Peru

Essa compra direta resulta em preços menores, com até 90% de desconto. Uma camisa que em qualquer shopping você adquire a R$ 300 reais, por exemplo, do Peru sai por aproximadamente R$ 50 reais.

É ou não é mais em conta? Imagine só os lucros que você pode ganhar em cima desse produto, uma vez que você compra a preço diferenciado e pode repassar a um custo muito mais baixo que em lojas de grife!

Vantagens de comprar roupas do Peru

Existem diversas vantagens em se optar por obter roupas do Peru e, de repente, não apostar em outros mercados de exportação altamente famosos e tradicionais, como o americano e o chinês. O frete, por exemplo é a primeira delas. Nosso país está muito mais próximo ao Peru do que dos Estados Unidos ou China, desta forma, os gastos com frete caem consideravelmente.

Outros fatores também se tornam importantes para o baixo custo e qualidade das roupas peruanas, como:

Carga tributária:

Os encargos tributários são menores no Peru e, ainda por cima, a moeda local é muito fraca quando comparada ao euro ou ao dólar;

Matéria-prima sem igual:

Devido às condições climáticas e geográficas o Peru produz o melhor algodão do mundo, perdendo apenas para o algodão egípcio;

Maquinário:

Até indústrias têxtis brasileiras, como a TNG, investem na instalação de fábricas naquele país. O motivo? Eles dispõem de maquinário de última geração e mão de obra treinada.

Realizando os pedidos

Com uma infinidade de peças e catálogos, escolher peças para revenda pode se tornar cansativo, além de um trabalho repleto de dúvidas (principalmente para iniciantes). Sendo assim, tenha claro na sua mente o perfil de sua loja e o consumidor que quer atingir. Opte por variedade de cores e tamanhos.

Contudo, temos uma sugestão que pode facilitar ainda mais o ato de comprar: disponibilize as imagens das peças da sua página e só faça encomendas com os fornecedores quando tiver recebido pedidos. É um meio de evitar desperdício (com peças estocadas que não saem) e de ganhar mais dinheiro, pois você só comprará aquilo que de fato vai sair.

Suas compras sempre serão cotadas em dólares, desde o valor da mercadoria até o frete. Não se preocupe porque não é preciso converter reais em dólares para realizar seus pedidos, pois a conversão é feita diretamente da página dos fornecedores assim que o tipo de pagamento é definido por você.

Você pode pagar, como mencionado, suas compras por meio de boletos bancários, cartões internacionais pré-pagos e sites de pagamentos. Todas elas possuem forma seguras de proteção de dados e de transferência do montante ao fornecedor.

Escolhendo os fornecedores certos

Antes de iniciar qualquer transação com fornecedores peruanos é importante, sem sombra de dúvida, saber a procedência de seu trabalho.

Essa é uma tarefa que pode se tornar bem complicada uma vez que o grande problema em se querer adquirir roupas do Peru e vender por meio de um comércio virtual é que os fornecedores não possuem propriamente um site. Eles são encontrados pelo Skype ou por meio de pessoas que já trabalham com revendas desses artigos.

Para começar, não compre muitos itens na primeira compra. Faça um teste e realize uma encomenda de poucos itens. Só assim é possível averiguar a qualidade do produto e o comprometimento do fornecedor quanto ao envio.

Busque por indicações e referências, relatos positivos ou sites de importação, munidos com fóruns e fornecedores. Por meio desses veículos, é possível conhecer pessoas que já adquiriam produtos importados do Peru e obter depoimentos reais sobre compras já efetuadas.

Existem, por toda a rede, uma infinidade de e-books que disponibilizam cursos capazes de tornar qualquer um perito em compras de produtos importados, mas assim como na busca por fornecedores, tome cuidado. Algumas pessoas podem disponibilizar cursos fraudulentos e você pode sair lesado.

Eu já comprei diversos cursos sobre importação desde como comprar da China, até como comprar dos EUA, Peru, etc..

Olha, são raros e poucos os que valem a pena, um deles que é muito bom é o Como Importar Produtos e Roupas que é um dos únicos que ensina de VERDADE como importar Passo a Passo e ainda possui uma excelente lista de 124 Fornecedores Confiáveis para você fazer suas primeiras compras com tranquilidade, fica aí a dica ;-)

Se você também tiver interesse de importar outros produtos como perfumes, suplementos, relógios, sapatos,eletrônicos e outros,então também é interessante aprender como importar da China e dos EUA é muito vantajoso e barato importar destes lugares também, confira no vídeo abaixo uma dica para importar sapatos e vestidos:

Caso queira Conhecer Mais a Respeito do Curso do Vídeo Acima Clique AQUI, Mais pra frente comentarei mais a respeito destes outros métodos de importação…

Bom, continuando…Depois que você conseguir encontrar um fornecedor que dispõe de itens de qualidade, a preço justo e que entregue nos prazos estipulados, é possível realizar a negociação dos preços das mercadorias e conseguir descontos.

Outra dica de ouro é perceber a atenção que o fornecedor dá a você. Ignore imediatamente aqueles que não respondem as suas dúvidas, são grosseiros, não respondem aos e-mails e tenha má vontade em atende-lo. Se uma pessoa não tem tato para conquistar um potencial cliente, imagina como será a relação após uma compra efetuada?

Caso seja viável, tente conhecer esse fornecedor pessoalmente. O contato intrapessoal pode ser mais vantajoso para os negócios. Se não for possível e pouco cabível uma viagem para fora com essa finalidade, verifique se, por um caso, esse fornecedor não vem ao Brasil.

Livre-se da taxação

Compras vindas de outro país podem se tornar um momento de grande dor de cabeça por conta da cobrança de impostos sobre produtos estrangeiros. Contudo, como para tudo existe solução, seguem algumas dicas para se livrar de cobranças inesperadas.

1# Pacotes grandes

Eles chamam muita atenção e seu pedido pode ser aberto para verificação. É aí que pode ser verificado o tipo de produto e uma taxa alta ser cobrada referente a ele. Tente ver com o vendedor a possibilidade de postar em caixas menores ou separadas.

2# Olho na escolha do frete

Não caia na tentação de pagar um pouco mais só para receber sua mercadoria mais rápido, pois essa prática é sinônimo certeiro de taxação, independente de qual item for adquirido. Isso acontece porque existe uma lei brasileira que permite que essas empresas recolham impostos de forma antecipada, tributando seus envios sempre.

Então, agora você já sabe: fique com as opções grátis ou mais baratas de postagem.

3# Pessoas físicas

Considere comprar seus produtos de pessoas físicas, ou seja, fornecedores que não possuem nome de empresa e o risco de taxa diminui e muito.

4# Esconda as marcas

Peça para o vendedor não utilizar o logo das marcas que está adquirindo nas caixas de envio dos itens. Isso chama muito a atenção na alfandega e suas compras correm o risco de serem taxadas. Lembre-o de enviar seus itens em caixas discretas.

5# Omitir e não mentir

Outra forma de se livrar da cobrança de taxas é pedir ao vendedor que seja discreto quanto ao item que está sendo enviado a você. Ele não precisa mentir, mas não precisa especificar na nota exatamente o que vem dentro da caixa.

6# Datas comemorativas

Comprar itens que podem ser entregadas em época de grande fluxo de encomendas pode ser uma forma de escapar da cobrança. Em períodos como o Natal, por exemplo, o número de encomendas é grande, enquanto que o número de fiscais é baixo.

Como montar meu e-commerce

Você já aprendeu todos os segredos e vantagens de como comprar produtos do Peru e como não cair em ciladas e se interessou em abrir um e-commerce? Não se preocupe, pois agora vamos dar algumas informações cruciais para que você arregace as mangas e se torne um empreendedor online, podem fazer dessa prática um ganho extra de renda, ou, até mesmo, largar seu emprego e se tornar seu próprio chefe.

Uma loja virtual requer muito trabalho e dedicação. Você também precisará entender alguns conceitos básicos antes de se lançar nesse negócio. Não se preocupe, pois você não precisa ser perito em nenhuma delas:

  1. Plataforma
  2. Segurança
  3. Frete
  4. Pagamentos
  5. Marketing
  6. Serviço antifraude
  7. Suporte

Vamos analisar caso a caso para que você se sinta mais seguro e veja se está preparado e tem disposição para se jogar no mundo virtual a fim de conquistar seu próprio meio de investimento.

Plataforma:

A plataforma é onde a sua loja ficará situada na internet, trata-se da sua base. Tudo que será desenvolvido e criado será fixo nela e, desta forma, você deve escolher uma que possua qualidade e flexibilidade, que permita alteração de acordo com seus objetivos e preferências.

Fuja de plataformas limitadas e escolha uma que consiga te atender a longo prazo – o período de troca de plataforma de lojas virtuais costuma ser a cada três anos -. Você pode optar pelas pagas, gratuitas ou de código-fonte aberto, que até são gratuitas, mas necessitam de um especialista para administrá-las.

Segurança:

Nenhum potencial cliente deseja que seus dados pessoais e de pagamento sejam expostos. Sendo assim, você deve passar aos seus consumidores que sua loja também se preocupa com esse quesito. Por meio de dois tipos de segurança, é possível promover essa confiança ao cliente. São eles:

1- Secure Socket Layer – Por conta de sistemas de cadastro e compra na loja virtual, o sistema SSL já se faz necessário. Ele serve para proteger todos os dados dos usuários, inseridos em formulários. Essa é uma forma de impedir que invasores se apropriem dos dados cadastrais dos clientes.

2- mScan de aplicação e IP – Esse método de proteção busca por quaisquer vulnerabilidades presentes em sua loja que permita a usuários mal-intencionados consigam acessar ao seu banco de dados e roubar informações.

Frete:

Por meio dos Correios e transportadoras você assegura que a mercadoria seja entregue ao seu cliente. Se planeje muito bem por qual meio você conduzirá os produtos, pois problemas com chegada de produtos pode fazer com que você perca um comprador.

Pagamentos:

É a sua renda, por isso, a forma como você vai receber os pagamentos por meio da sua loja devem ser bem pensados e analisados. Existem três formas para assegurar seus lucros:

1# Intermediadores de pagamento:São os mais indicados para quem está começando um e-commerce e auxiliam o lojista quanto ao risco de fraude e fazem adiantamento de montantes a serem recebidos. Esse sistema cobra uma taxa fixa e uma variável referente ao valor da venda. PagSeguro e Moip são dois exemplos de empresas intermediadoras de pagamento.

2# Gateways: Esse sistema cobra apenas uma taxa fixa do e-commerce, oferecendo formas mais consistentes de finalização de compra. No entanto, o gateway de pagamento não disponibiliza sistema de antifraude, que deve ser pago a parte.

3# Integração direta: Indicada para os mais experientes, essa forma de pagamento consiste em um contato direto com o comprador e é possível negocias taxas livremente.

Serviço antifraude:

Em uma loja física, quando um lojista recebe um golpe de um consumidor que tenha feito a compra de mercadorias de sua loja com um cartão de crédito roubado, as redes de adquirência é que se responsabilizam pelo pagamento do item. Isso não acontece nos e-commerce e para evitar o prejuízo é preciso de um serviço de antifraude caso o serviço de pagamento não conte com alguma proteção desse sentido.

Marketing:

Alma de qualquer negócio, é preciso investir em marketing para que seu e-commerce atraia cada vez mais consumidores. Existem, também, outras formas de gerar trafego para sua página como:

a) Criação de conteúdo – Um bom conteúdo é um chamariz de público do qual não exige investimento e ainda cria uma boa relação com os consumidores, trazendo inúmeros resultados a longo prazo.

b) Mídias Sociais – Outro canal barato para divulgação de sua loja, as mídias sociais ajudam na construção de sua marca. Os conteúdos podem ser relacionados ao seu comércio ou até mesmo outros tópicos.

c) Google Adwords – Ferramenta de anúncios do Google que atrai um grande número de novos visitantes ao e-commerce.

d) Aumento de conversão – Não adianta ter visitantes e não ter compradores. Para isso, é preciso investir em ferramentas que auxiliam na taxa de conversão da loja virtual.

e) E-mail marketing – Mantenha uma lista de e-mail de todos os seus clientes e dispare e-mails com ofertas, novidades e produtos. Essa é uma forma de manter os compradores ativos.

Suporte:

Meios de comunicação dentro da e-commerce e formas de auxílio para que o cliente esclareça suas dúvidas e contate a sua loja são fundamentais para o sucesso de um bom negócio. Invista em e-mail, chats e redes sociais para essa finalidade.

Além de tudo que já foi mencionado, toda loja virtual – desde a mais básica e iniciante até a mais estruturada e com tempo de mercado – precisa de:

  • Receber os pedidos
  • Checar os pagamentos
  • Separar os pedidos e conferir a separação e empacotamento
  • Emitir notas fiscais
  • Despachar mercadorias
  • Acompanhar entrega do pedido

Mais Vantagens de Importar Roupas do Peru

Nesse artigo, apresentamos todas as informações inerentes de quem quer se lançar a importação de roupas importadas adquirindo-as de fornecedores peruanos e, de quebra, listamos o passo a passo de como montar um e-commerce para iniciar os trabalhos e assegurar, dessa forma, uma forma de serviço que pode ser desenvolvida da sua casa ou um complemento de renda.

Se ainda assim você não tem certeza sobre os benefícios desse empreendimento online, veja a lista abaixo e tenha certeza que você está prestes a entrar em um negócio promissor e eficaz:

1# Tempo de funcionamento

Já parou para pensar que seu e-commerce funciona 24 horas? Diferentemente de uma loja física que, para oferecer produtos de forma integral deveria disponibilizar de maior número de funcionários (e gastar muito mais com folha de pagamento), sua loja está lá, na rede disponível para quem quiser ver na hora que puder.

2# Melhor alcance de mercado

A mensuração e o gerenciamento das informações do seu nicho de mercado por meio de ferramentas da internet são bem maiores e mais possíveis, igualando, assim, as oportunidades de pequenos, médios e grandes investidores.

3# Aumento de consumidores

A internet está em imensa ascensão no Brasil, o que significa que cada vez mais você será atingido por novos consumidores. As compras por meio da internet têm se tornado cada vez mais frequentes e preferidas pelos internautas, por conta de toda a facilidade que a envolve.

4# Proximidade com o cliente

Por meio de uma loja virtual é possível conhecer de forma individual cada cliente, conhecendo seus gostos e perfil. Desenvolver um plano de marketing personalizado e, consecutivamente, aumentar as suas vendas não seria tão possível e certeiro por meio de uma loja física.

5# Rapidez

É muito mais fácil alcançar a excelência e o sucesso quando se tem um e-commerce. Basta focar no seu mercado de trabalho e lidar com produtos específicos que atendam a todos os seus consumidores

6# Custo operacional reduzido

Uma loja física requer a locação de um espaço, pagamento de contas que fazem daquele local funcionar (água, luz, telefone) e, é claro funcionários que atendam aos clientes. Em uma loja virtual você é seu empregado e seu patrão, reduzindo drasticamente os custos, que podem ser convertidos para seus lucros ou investimentos em marketing digital para seus negócios via internet.

7# Dinâmica e personalidade

A loja virtual permite uma mudança de layout de um dia para noite. Em uma loja convencional, para mudar o ambiente a fim de passar uma nova identidade do local ou anunciar um lançamento seria preciso gastar muito dinheiro.

Viu só como é fácil e possível se jogar em uma loja virtual? Contudo não se esqueça do mais importante: é preciso ter muita força de vontade, disposição e não ter medo de trabalhar, pois é possível ser bem sucedido sim em um negócio online, desde que você planeje muito bem a sua atividade e leve tudo com comprometimento e seriedade.

Ganhar Vendendo Para Amigos e Familiares

Se você não tem nenhum interesse de ter um negócio online, não se preocupe, você ainda pode ganhar muito dinheiro vendendo roupas para amigos, familiares, conhecidos, contatos do Trabalho, Igreja, etc…

De fato existem muitas pessoas ganhando dinheiro assim e alguns até vivem somente dos ganhos com etse tipo de trabalho, tenho um primo por exemplo que vende roupas desta maneira e ganha cifras acima de 3 mil reais por mês desta forma..

Ou seja, você não precisa necessariamente de uma loja virtual para aproveitar as vantagens de importar roupas do Peru, você pode comprar para:

1 – Seu uso próprio e economizar muito com troca de vestuário e ter sempre roupas de qualidade e de marca a preço baixo.

2 – Vender pessoalmente para conhecidos e amigos,este tipo de venda que é muito mais simples de se começar e pode te gerar uma boa renda extra ou até mesmo ultrapassar o valor do seu salário conforme o tamanho da sua rede de contatos e sua dedicação nisso.

Seja como é um ótimo negócio e tudo que você precisa para começar é conhecer os fornecedores certos e processo de importação, você pode começar com roupas e depois que pegar o jeito pode aprender como comprar produtos importados de qualidade como perfumes, sapatos e tênis, relógios, etc, mas neste caso o mais interessante é fazer a importação dos EUA ou outro país como a China como já tinha comentado anteriormente.

O Importar Produtos e Roupas é um Curso Excelente para isso, além de ensinar Como Importar Roupas do Peru, ainda ensina como importar dos EUA Produtos Originais e de Grandes Marcas e também mostra como conseguir fazer compras de produtos de qualidade e até produtos originais em sites da China.

Bom, encerro por aqui e espero que tenha gostado do nosso guia, te desejo felicidades e boas compras!